A Farpa vai à bola

Ainda assim, e depois desta minha “análise” à situação do Sporting, quero deixar aqui as minhas previsões na dança das cadeiras que se poderá seguir após este acontecimento. A ser lido de um fôlego: (…)

E agora, para algo completamente diferente: Futebol!!

Portugal foi hoje abalado por uma notícia chocante. Não me refiro à violência que desponta na Grécia, muito menos à morte já de há dois ou três dias da Whitney Houston. Algo bem mais grave abala a nação: Domingos Paciência já não é treinador do Sporting. Aparentemente, acabou-se a paciência da Direcção do Sporting. O que não deixo de estranhar, vindo de um grupelho que, até agora, e alguns meses depois de eleito, tem apenas estes feitos no currículo:

– Ser eleito de forma extremamente dúbia por uma minoria de votantes, só que sendo esta minoria a dos caciques com mais votos;

– Apresentar uma auditoria que demonstra um Sporting em falência técnica; Descobrir, ainda assim, dinheiro a rodos para contratações, sem que se explique de onde;

– Forrar os túneis de acesso aos balneários com imagens de malta a exibir orgulhosamente as suas tatuagens nazis e a frase: “Aqui mandamos nós!”. Nós, quem? O Sporting? As claques? Os neonazis? Todos em conjunto?

– Satisfeitíssimos com a sua piadola, tentar ainda gozar com quem se insurgiu colocando borboletas e florzinhas a substituir a imagem anterior;

– Estar oficialmente presentes no local onde se pegou fogo a uma bancada de um dos rivais e ainda se queixarem do mal tratados que foram;

Dir-me-ão que nem tudo foi mau, que o Sporting atingiu 10 vitórias consecutivas neste período. É de valor, sim.. Mas será que alguém se lembrou de listar os adversários destes jogos? Eu faço o favor, então: Paços de Ferreira, Zurique, Rio Ave, Setúbal, Lazio, Guimarães, Famalicão, Vaslui, Gil Vicente e Feirense. Sobre isto, tenho dito..

Sei que estas linhas poderão incendiar ânimos até aqui pela malta da Farpa, mas admito, incomoda-me esta saída do Domingos. A ter de escolher entre a competência profissional que Domingos já demonstrou noutras ocasiões (por mais desculpas que se queiram encontrar) e a imbecilidade de figuras dos órgãos sociais do Sporting como o próprio Godinho Lopes, o Paulo Pereira Cristovão ou o Eduardo Barroso, se eu fosse sportinguista, sei bem de que lado estaria.

Ainda assim, e depois desta minha “análise” à situação do Sporting, quero deixar aqui as minhas previsões na dança das cadeiras que se poderá seguir após este acontecimento. A ser lido de um fôlego:

Jorge Jesus é campeão e vence a Champions, sendo imediatamente contratado pelo Real Madrid, visto Mourinho, mesmo campeão em Espanha, ter decidido abraçar o desafio mais extremo da sua carreira; O Benfica, aproveitando a má época do Barcelona, contrata Guardiola, instaurando o “toma lá, dá cá”, versão tuga do tiki-taka e levando o Benfica ao topo do mundo e arredores; O Barcelona bate a cláusula de rescisão de Vítor Pereira e contrata-o, levando também Villas-Boas para seu adjunto; Domingos, finalmente, é apresentado como treinador do Porto, podendo já falar sem tentar disfarçar o sotaque do Norte; Mourinho, campeão pelo Real Madrid e derrotado na final da Champions pelo Benfica, é movido por um desejo de vingança e assina pelo Sporting.. pela primeira vez na vida, Mourinho falha estrondosamente, pois nem ele consegue fazer alguma coisa do Sporting. Após uma longa depressão, acaba por se suicidar..

E por agora, é isto. Um bocadinho de bola para desanuviar, que não faz mal a ninguém. O mundo fará o favor de continuar nos Terreiros do Paço e em frente aos parlamentos gregos desse mundo.

Anúncios
3 comments
  1. alexmgomes said:

    Vou comentar a sério, para variar um pouco:

    1 – Se fizessem auditorias iguais em outros clubes, muitas surpresas teríamos; o dinheiro das contratações vem do mesmo sítio que vem as do Porto ou do Benfica: compra-se e a seguir vende-se a um “fundo de investimento” qualquer
    2 – As borboletas e as florzinhas tiveram piada
    3 – Era bastante óbvio que enjaular a claque do Sporting ia ser encarado como uma provocação e não há casos no passado recente que o justificassem. A ver se o enjaulamento dos super-dragões corre melhor.
    4 – O Jorge Jesus baza da Champions já amanhã. De qualquer maneira parabéns pelo exercício de criatividade, nem o Spielberg faria melhor.

  2. Zé said:

    BENFICA!

  3. Também achei piada às borboletas e às florzinhas.
    Eu, pelo menos, fartei-me de rir…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: