$ Congrats, you’re one of us!! $

Há uns dias investi pela primeira vez na Bolsa. Ganhei 770 euros.

Não foi certamente graças aos conhecimentos de Samuleson e Nordhaus, cortesia do IXP e das suas aulas de Economia, o que a minha participação num sem número de exames, semestrais e anuais, pode confirmar.

Aconselhado por amigos e familiares, investi cerca de 2800 euros, o que me tornou um capitalista explorador, proprietário de 21 000 (!) acções do BCP. O meu ganho de 770 euros corresponde a uma mais-valia de 27.5%.

"Isto afinal é fácil!"

Ora isto pôs-me a pensar, coisa sempre pouco sensata de se fazer.

Obviamente que o valor real do Banco Comercial Português não aumentou estes 27.5% na meia dúzia de dias que detive as acções. No entanto, o mercado criou para mim um aumento real de 770 euros. Existe então um aumento real para o indivíduo, para o investidor, mas um aumento virtual no mercado, sem respectiva reflexão no valor verdadeiro do banco, do seu produto ou negócio.  Claro que o pensamento poderá ser o mesmo para a situação inversa, um negócio perdedor, como tantas vezes acontece no mercado bolsista, principalmente nos últimos anos.

Mas é esta criação virtual de riqueza ou de empobrecimento que me leva a este post.

Não será certamente o meu investimento de 2800 euros ou o meu lucro de 770 euros que farão mossa no mercado mas, como dizem os antigos, grão a grão…

Imaginemos um mísero investimento de 100 mil euros, acessível a qualquer investidor de meia tigela. A mesma mais valia de 27.5% corresponderia a um lucro de 27.500 euros!! Considerando que o BCP tem movimentado diariamente mais de 100 milhões de acções

Chego então à parte principal do meu raciocínio: qual a sustentabilidade de um sistema económico que permite a criação/destruição de riqueza sem relação directa e justa com a realidade, que faz diariamente negócios de triliões virtuais? Transferindo tudo isto para um cenário macro-económico, temos as famosas bolhas e ciclos económicos, referidos como inevitabilidades e culpa de todos menos do próprio sistema.

"Fodeu..."

Continuo, e chego à parte mais importante: as consequências.

O problema, para mim, é que é baseado neste sistema falacioso que se definem estratégias, políticas e planos que vão influenciar a vida de milhões de pessoas. Não me preocupa o investidor, o jogador, que conhece e sabe os riscos que corre, positivos e negativos. Mas o que dizer do não-investidor, daquele que trabalha honestamente e que vê as suas condições de vida condicionadas por essa entidade inatacável, O Mercado.

Temos, pois, que este sistema encerra em si uma semente de catástrofe social também ela cíclica. O valor baixíssimo do BCP é virtual, mas as consequências, essas, são bem reais. Principalmente para aqueles que se vêm despedidos ou com remunerações reduzidas, ou aqueles recém-entrados no mercado, que procuram eles mesmo vingar na vida real.

Solução? Não a sei.

Existe uma coisa chamada Governo e Partidos Políticos. Mas isso será certamente tema para um outro post…

Zé Caloiro

NOTA GERAL: claro que a qualidade económica deste pequeno post é muito baixa, e haverá certamente erros de raciocínio económico, além de que isto já terá sido certamente dito, e com muito mais qualidade intelectual, por outro alguém. No entanto, queria aqui partilhar esta experiência capitalista e a análise a que me levou.

Anúncios
2 comments
  1. alexmgomes said:

    No fundo és uma espécie de Cavaco em miniatura. Quando o BCP for à falência e o Estado tiver que lá ir resgatá-lo com o dinheiro dos nossos impostos vou propor que distribuas esses 770 euros entre os membros da Farpa.

  2. Zé Caloiro said:

    Sou um Cavaquinho?
    Comparando com os ganhos do menino, sou um micro-micro-Cavaco.
    A resgatar, o BPI precisaria de mais de meia dúzia de Estados. É dos maiores bancos do país. Se o BPN foi o rombo que foi, este então…
    Distribuir os meus 770 euros arduamente ganhos (NOT!!) não distribuo, mas sou gajo para pagar uma rodada de copos de três no próximo jantar d’A Farpa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: